Ao longo dos últimos anos a Google teve o privilégio de trabalhar com uma estreita colaboração de milhares de escolas que estão procurando melhorar e inovar com a ajuda da tecnologia. Cada escola é diferente, mas ouve-se muitas queixas em comum entre os educadores. As principais reclamações são: mudar sempre é algo assustador inicialmente, a mudança envolve além de tecnologia – ela envolve pessoas, muitos obstáculos surgem no caminho. Cada escola possui suas peculiaridades, mas em geral os diretores enfrentam situações muito semelhantes às outras instituições, então identificou-se que aprender em conjunto pode ser a melhor opção.

É por isso que foi criado um hub para diretores escolares, onde pode acontecer o compartilhamento de ideias, recursos e histórias: O Google for Education Center Transformation.

Definindo os elementos da mudança escolar

A equipe Google trabalhou ao lado de líderes de ensino norte-americanos em todos os 50 estados, para criar uma estrutura de transformação que pode ajudar as escolas em suas jornadas para melhorar a educação através da inovação e da tecnologia. Em conversa com esses líderes, eles enfatizaram sete áreas que são fundamentais a considerar ao abordar o processo de mudança:

  1. Visão – a mudança na escola só acontece quando há um objetivo traçado. Isso significa que o líder tem assegurado que a escola e a comunidade em geral estão trabalhando em conjunto para o futuro.
  2. Aprendizado – Os líderes escolares necessitam capacitar suas equipes para criar um conjunto de práticas pedagógicas, currículos, avaliações e experiências que colocam os alunos no centro de aprendizagem – que envolvem alunos profundamente e satisfazer as suas necessidades individuais e coletivas.
  3. Cultura – dirigentes escolares precisam de estruturas, rituais, histórias e símbolos que promovam uma cultura de inovação, além de incentivar as pessoas a aprender com o fracasso e o sucesso.
  4. Tecnologia – A tecnologia é apenas um facilitador de mudança escolar, mas é uma parte crítica. Os dirigentes escolares precisam encontrar, testar e ganhar o apoio de sua equipe para acertar o uso da tecnologia certa (ferramentas e processos) para atender a visão da escola.
  5. Desenvolvimento Profissional – Os professores têm muito em suas placas. dirigentes escolares fornecer educadores com desenvolvimento profissional eficaz e coaching em curso focado na aplicação de ferramentas e práticas para atender às necessidades dos alunos.
  6. Financiamento e Sustentabilidade – Escolas líderes devem criar um orçamento sustentável, identificar uma gama de fontes de financiamento, procurar poupanças e oportunidades de realocação que se alinham diretamente com as metas.
  7. Comunidade – Escolas devem servir além dos alunos e suas famílias, as empresas, o governo, organizações sem fins lucrativos, e comunidade que vive ao seu redor. Ao longo de todas as fases do processo de transformação, os líderes precisam assegurar que esses parceiros irão apoiar a escola na direção dos objetivos.

Michael Lubelfeld, Superintendente de Distrito 109 das Escolas Públicas Deerfield, disse: “Em Deerfield adotamos um processo de planejamento de melhoria da escola mais holístico, que utiliza o poder e capacidade coletiva do estudante, funcionários, pais e comunidade.”

Compartilhe o que funcionou (e que não funcionou também)

A mudança é muitas vezes um processo gradual, mas espera-se que a ajuda mútua entre os líderes escolares. Compartilhar idéias irá acelerar as transformações escolares. Existe uma grande animação no Google em oferecer uma plataforma onde pode-se aprender uns com os outros.

Para continuar a melhoraria o Google for Education Center Transformation, pede aos líderes educacionais, para compartilhar seus aprendizados e recursos. Estes podem incluir histórias (como você trabalhou com sua equipe para desenvolver uma visão), modelos (como o cronograma do seu distrito de desenvolvimento profissional orientada pelo professor), ou idéias (como como você levantou fundos para obter WiFi em ônibus escolares). A intenção é trabalhar com os educadores para rever submissões, enquanto o site segue sendo construído. Ideias apresentadas até 23 de novembro poderão ser consideradas para inclusão em uma futura série de posts em torno do Google Education on Air conferência online.

Fonte: Blog Google